NFe
Híbridos de Trigo
Híbridos de Soja
Híbridos de Milho
1 2 3

PREVISÃO DO TEMPO

Previsão do Tempo

COTAÇÕES AGRÍCOLAS

Cotações Agrícolas

REPRESENTANTES

Encontre um de nossos representantes

PARCEIROS

NOTÍCIAS

20/11/2017

Soja segue subindo no Brasil

As cotações da soja tiveram na sexta-feira (17.11) mais um dia de altas de preços no mercado físico brasileiro, acompanhando a tendência verificada na Bolsa de Chicago (CBOT). Por exemplo, no interior do País, a saca de soja (60 quilos) foi vendida a R$ 54,19 em Sorriso (Mato Grosso). A cotação significou uma alta de 0,52% sobre os R$ 53,91 oferecidos na última avaliação.


Já no Porto de Paranaguá (Paraná), a saca de 60 quilos da oleaginosa disponível alcançou o valor de R$ 74,00, o que representou uma alta de 1,37% em relação à cotação anterior (R$ 73,00). Todos os preços são FOB (Free On Board – contrato de exportação com custos de transporte interno incluso até o carregamento do navio).

FUNDAMENTOS

“Os mapas climáticos atualizados hoje confirmam a chegada de precipitações expressivas nesta segunda metade de novembro, no Centro-Oeste, Sudeste e partes do Sul. Nestes próximos 5 dias, índices pluviométricos de 50-70mm são previstos para chegar sobre o norte do Rio Grande do Sul, até o sul no Pará. Toda a região central do Brasil deverá ser regada com esta rodada de chuvas. A região do oeste da Bahia, lado leste do Tocantins e o nordeste de Goiás observa totais menos significantes, de 15-30mm acumulados para os 5 dias”, afirma a Consultoria AgResource.

No entanto, os mapas climáticos da agência meteorológica independente ECMWF apontam que, na Argentina, a maioria do país segue seca neste fim de semana, com chuvas de 5-12 mm previstas para o centro de Córdoba, centro-sul de Santa Fé e o lado sul de Entre Rios: “Chuvas mais intensas são necessárias sobre a grande maioria da Argentina nestes próximos 10 dias para que nenhuma preocupação quanto a saúde vegetal seja levantada.

Agrolink

Cerealista Faxinal